Colóquio Literatura e Ciência II

Frequentemente olhadas como campos distintos, Literatura e Ciência convivem hoje em várias convergências e interseções. E há algum tempo que algumas áreas mais específicas assumem proximidades impensáveis no passado, como é o caso das psicoterapias e dos estudos sobre a mente e o comportamento humano - vejam-se, por exemplo, Viver Narrativamente (2002), de Óscar F. Gonçalves, ou Creative Dialogues: Narrative and Medicine (2015), de I. Fernandes, C. B. Martins, A. Reis, Z. Sanches ).

Por outro lado, múltiplas artes e técnicas estabelecem hoje diálogos tanto com a Literatura como com a Ciência, numa questionação que reflete demandas e caminhos novos na compreensão da ação e do pensamento humanos - cf. Art and Science (2017), special issue Euroscientist, ou Eskridge, R. (2003). The Enduring Relationship Of Science and Art.

Por seu turno, o diálogo enquanto forma textual pode trazer-nos informações importantes, passíveis de abordagens multi e interdisciplinares. Mais especificamente, os Diálogos sobre Ciência que abordam áreas tão diversas como a matemática, a arte de navegar, a botânica, a geografia, a astronomia ou a medicina. A sua dimensão testemunhal e de atualidade é  reveladora do modo como diferentes épocas olharam o Mundo, o valorizaram, o imaginaram e o explicaram.

Quatro Centros de Estudos (IELT, CETAPS e CHAM da NOVA FCSH e CEHFCI da Universidade de Évora) e três Universidades (Universidade Nova de Lisboa, Universidade de Évora e Universidade Aberta) uniram esforços para organizar a II edição do Colóquio Literatura e Ciência: Diálogos Multidisciplinares. Propõe-se, assim, a todos os interessados o debate vasto dos temas apresentados numa reunião científica, a ter lugar na Universidade Aberta, nos dias 11 e 12 de outubro de 2018.

Pretende-se um debate amplo, como amplos e potencialmente multidisciplinares são os campos abordados pelo género dialógico que se debruça sobre questões de ciência. Assim, serão consideradas três linhas privilegiadas de abordagem:

1. Os textos dialogais sobre ciência: abordagens históricas, linguísticas, filológicas, científicas, jornalísticas, edição textual (problemáticas, potencialidades e realizações),

2. O diálogo pan-disciplinar entre Literatura, Ciência, Tecnologias, Media e outras Artes (Pintura, Escultura, Música, Cinema, Artes Performativas, Artes Gráficas, Artes Multimédia, Ciberartes...),

3. O imaginário científico em diálogo com a literatura (estruturas, configurações, arquétipos, mentalidades, pensamento complexo, leituras semióticas, ficções e poéticas).

As propostas deverão ser enviadas com um resumo de até 250 palavras e uma breve nota biobibliográfica do autor para o endereço literaturaeciencia2@gmail.com até ao dia 30 de março de 2018.